Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp.

Converse conosco no WhatsApp
O bom do Brasil

O bom do Brasil

Nicole Nigro 1473 views Sem comentários

Quando falamos em Brasil, o que vem a sua mente? Certamente vão figurar entre as respostas as cores vibrantes do Carnaval, as paisagens deslumbrantes, a riqueza natural das nossas florestas ou a diversidade cultural das metrópoles, não é mesmo?

Esses tantos e outros exemplos retratam tudo aquilo que pensamos de bom do Brasil, mas você sabia que nosso país é reconhecido por dois tipos de produtos que hoje espalham encanto brasileiro mundo a fora?

Estamos falando dos teares e do sisal, dois elementos da tecitura que se entrelaçam com a história e cultura do país, atravessaram gerações de famílias artesãs e hoje figuram entre as especialidades dos tapetes Made in Brazil.

Desde a escolha cuidadosa das fibras até o processo artesanal de tecelagem, há um profundo respeito pela natureza e pela tradição em cada etapa da produção. A riqueza cultural do Brasil se manifesta nos desenhos, nas cores e na atenção aos detalhes que reflete o compromisso da by Kamy com a qualidade e a excelência.

Neste post do Blog da by Kamy, vamos nos aprofundar um pouco mais nestes dois elementos tão importantes para a tecitura brasileira:

Teares

É importante destacar que o tear mais difundido no Brasil é o modelo horizontal (no Oriente se usa mais o tear vertical). Nele é possível produzir pequenos pedaços de tecido até tapetes de até cinco/seis metros de largura pelo comprimento que desejar.

Os fios são entrelaçados pelo artesão no sentido horizontal, indo e vindo, da esquerda para direita, criando o desenho da peça. Pedais e varetas auxiliam nessa criação, alternando tipos de fios, tranças, cores e espessuras que vão resultar no desenho final, geralmente de listras ou exaltando texturas.

À medida que o tapete vai sendo tecido, ele é enrolado em um tambor na parte superior do tear, fazendo com que o artesão fique posicionado sempre no mesmo lugar.

Os teares podem ser criados em diversas matérias-primas: fibra de coco, bananeira, bambu, sisal, mountaingrass, seagrass, taboa e entre outras, sempre feitos manualmente.


Sisal

O sisal, em particular, é uma planta muito utilizada na indústria de cordoaria, transformando-se em cordas, fios, tapetes etc. Ele é cultivado em regiões semiáridas no Brasil, sendo que os estados da Paraíba e da Bahia são os principais produtores.

Do sisal se utiliza principalmente a fibra das folhas que, após tratamento, é destinada ao processo têxtil para formar cordas e fios. O ciclo de transformação do sisal em fios naturais tem início aos 3 anos de vida da planta ou quando suas folhas atingem até cerca de 140cm de comprimento que podem resultar em fibras de 90 a 120cm. É mais resistente do que muitas outras fibras e totalmente biodegradável.


Bons exemplos da by Kamy

Ao escolher teares e tapetes de sisal para decorar sua casa, você vai além da estética ímpar destes produtos. Valorizar o bom do Brasil é apoiar artesãos locais e comunidades tradicionais, preservando técnicas ancestrais e promovendo uma cultura de sustentabilidade e valorização dos recursos naturais.

Conheça abaixo alguns destaques da by Kamy entre teares e sisal:


TEAR GUANABARA

80% Algodão 20% Sisal

A coleção de teares Guanabara é um tapete versátil e elegante que combina o conforto do algodão com a funcionalidade e praticidade do sisal. É ideal para decoração de casas que buscam uma abordagem mais rústica, oferecendo um visual sóbrio e atraente com duas combinações de cores. Fabricados à mão com matérias-primas de qualidade superior, os teares Guanabara são a escolha perfeita para quem procura tapetes práticos para a decoração do lar.





TEAR MINEIRINHO

70% Soft Piave 30% Algodão

O tear Mineirinho é feito com matéria-prima gostosa ao toque. Uma tecitura delicada com design simples, como todas as coisas preciosas. É o básico tear mineiro que nos faz sentir em casa e que satisfaz as nossas expectativas e gostos.





TEAR CAPELINHA

60% Bananeira roçada 40% Algodão

60% Sisal 40% Algodão

Os teares Capelinha estão disponíveis em duas versões de matérias-primas típicas do Brasil: fibras de bananeira ou de sisal. As mudanças de cor na fibra de bananeira ocorrem devido a sua exposição ao Sol que acaba criando lindos abraches naturais. A textura é parecida com um ponto crochê. Rústico e charmoso, é um tear que pode ser usado dos dois lados. O nome se deve ao entrelaçamento com o algodão, formando, assim, pequenas e delicadas cruzes.



TEAR SPIGATO

85% Sisal 15% Algodão

A coleção Spigato consiste em tapetes cuja trama em zigue-zague é feita em tear utilizando sisal e algodão. Simples na sua leitura, trata-se de um precioso e elegante trabalho. Spigato, em italiano, é o nome dado a tecidos com desenhos entrelaçados diagonalmente, lembrando uma espiga.







TEAR TIMBÓ SISAL

100% Sisal

Timbó é uma palavra de origem Tupi. Como todas as palavras indígenas, elas misturam em si ideias de cores e efeitos (vapor/cor acinzentada), mas que em última instância representam a natureza. Este tapete feito em tear manual mistura as cores, brilhos e as sombras das florestas, deixando alguma lembrança familiar no espectador.



Que tal encher a sua casa com o melhor que o Brasil tem a oferecer em design têxtil? Clique aqui e confira a vitrine virtual que preparamos com as melhores opções de teares e peças em sisal da by Kamy!

Comentários