Swipe to the left

Em homenagem a esse dia: a tradição e a sabedoria vindas do pai

Imprimir
By kadu 8 de agosto de 2010 2 comments

Parviz e Tereza Abrarpour

Para os homens, ele é aquele amigo que você tem respeito e deseja em alguns casos ser como ele no futuro, pois o pai é, sim, o responsável por cuidar de toda a casa, é claro, com a ajuda da mãe. Sim, ele é aquele cara que te impulsiona, te ensina, te motiva, e por esses motivos queremos seguir os passos dele. E foi assim que aconteceu com o Kamy.


Kamyar Abrarpour


Para quem não sabe, a história da by Kamy começou a ser idealizada pelo sonho de Parviz Abrarpour, pai de Kamyar Abrarpour. Parviz é exemplo de superação, determinação, e grande apreço aos valores culturais de seu país. Em 1954, o iraniano chegou ao Brasil com muitos sonhos, e um deles era de ter sua própria empresa de tapetes.

E ao chegar por aqui, Parviz trouxe do Irã amor e conhecimento de uma das tradições comerciais mais características de seu país, a comercialização de tapetes. Sua 1ª loja no Brasil foi na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, onde curiosamente seu filho hoje tem duas lojas, sendo que a loja principal da empresa estaria no mesmo lugar que seu inspirador começara tudo.

Com um início difícil, tinha que importar os tapetes por navio do Oriente. As peças vinham dentro de grandes baús, o próprio Parviz participava de todo processo de escolha de produtos para sua loja no Brasil. Aliás, manter sua primeira empresa no país não foi tarefa fácil. Na época, o rapaz não sabia falar português, tinha dificuldade para se comunicar e não conhecia ninguém por aqui.

Mas as coisas começaram a mudar quando aos poucos aprendeu o idioma, junto à esposa, Tereza Abrarpour, e os três filhos: Abbos, Mabor e Kamyar. Apesar de muita luta e um início de um sucesso próspero, em 1976, a importação no Brasil foi proibida pelos comandantes da ditadura. Sem ter ao seu lado as peças milenares que ele tanto conhecia, acabou fechando sua loja dois anos depois de tê-la fundado.

Em 1978, Parviz recebeu um convite de um amigo que morava nos Estados Unidos. A proposta feita pelo colega era de se mudar pra lá - Dallas, Texas - e juntos abriram uma loja de tapetes. Com isso, ele mudou-se para o país junto com sua família.

O empreendedor montou sua loja nos Estados Unidos, mostrando mais uma vez que seu verdadeiro amor era o mundo da decoração, afinal, sua terra natal era divulgada através dos tapetes. Nesta época, Kamyar, então com 18 anos, começou sua faculdade de Administração, e passou a trabalhar na loja do pai. O jovem se apaixonou pelas histórias e beleza dos tapetes, sempre orientado por Parviz, que tinha o conhecimento do que é uma boa peça e quais são os detalhes que fazem a diferença.

Porém, Kamyar não se adaptou ao país do Tio Sam. Quando terminou sua faculdade viu que realmente os EUA não era o lugar ao qual gostaria de viver. Assim, ele voltou ao Brasil e continuou sua trajetória no mundo dos tapetes inspirados na sua educação e cultura.

Em 2001, Parviz voltou ao Brasil e hoje, aos 83 anos, comanda a loja da by Kamy em Jundiaí. Mas pouca coisa mudou do que era feito da época de Parviz para hoje, Kamyar aprendeu direitinho tudo o que seu pai lhe ensinou, e a qualidade e a detalhismo continuam os mesmos desde que foram iniciados em 1954, aliás, esses são alguns dos motivos do sucesso da by Kamy: tradição e sabedoria, que foram passadas por gerações.

A by Kamy se orgulha de ter uma história tão especial, afinal, os pais são responsáveis por cada pedacinho de sucesso dos filhos, e o Parviz mostrou isso com muito amor e educação. Por isso, queremos dizer a vocês: se orgulhem dos pais que possuem, pois são eles quem ditam o que vocês serão. Para todos, feliz dia dos pais!

Posted in: Sobre a by KamyEspecial
Ana 21 de março de 2017 at 14:51
Sr. Parviz e Dª Tereza são exemplos de como podemos ser produtivos e que a idade não deve ser empecilho para se ter uma vida útil , prazeirosa e muita vontade de servir ao próximo. Bela e merecida homenagem !
Monica Novaes 21 de março de 2017 at 14:51
Respeito, admiração e amor é o que eu sinto por este casal.
Sinônimo de perseverança e vitória!!
O que eu aprendi, sobre este mundo magico da arte da tapeçaria , aprendi com a familia Abrarpour.
Uma linda homenagem para uma linda familia.
Obrigada por fazer parte disto tudo!