Swipe to the left

NO MAM: VONTADE CONSTRUTIVA NA COLEÇÃO FADEL

2 de maio de 2014

Na sala principal do MAM foram reunidas telas de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Di Cavalcanti capazes de exemplifcar a mistura das infuências europeias com valores daqui. Mas boa parte das peças foi feita entre as décadas de 50 e 80 e se concentra nas formas geométricas. Ou seja, a percepção dessa “cara brasileira” fica mais difícil de ser notada. Uma delas é Composição (1956), de Luiz Sacilotto, um dos expoentes da arte concreta. Tirando a pegada “papo-cabeça”, o que vai importar mesmo ao visitante é a boa seleção de grandes nomes representados por belos trabalhos. Há diversas esculturas de Sergio Camargo, uma parede repleta de telas de Alfredo Volpi, as letrinhas de Mira Schendel, uma escultura giratória de Abraham Palatnik e pinturas abstratas de Tomie Ohtake. As produções mais recentes abrem espaço para linhas tortas e traços mais curvos, bem mais característicos do nosso jeitinho.

A seguir veja algumas das imagens sobre a exposição logo abaixo:

O Modelo - Tarsila do Amaral


O Lago - Tarsila Amaral


Fragile - Antonio Dias


Local: MAM - Museu de Arte Moderna

Endereço: Parque do Ibirapuera, s/n° - Próximo ao Portão 3 - Parque Ibirapuera

Período: Até 15/06

Horário: De ter a dom, e feriados, das 10h às 18h

Entrada: R$ 6,00. (a bilheteria fecha meia hora antes)

Posted in: DicasArteEspecialCulturaEvento/Mostra