Swipe to the left

OROBORO NA CASA DAS ROSAS, UMA EXPOSIÇÃO POÉTICA E CONCRETA

Imprimir
By kadu 25 de março de 2014

A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia abre sua nova exposição, OroborO, de Renato Gonda e Gerson Correra.

Em seu livro de estreia, Primeira Ronda à Margem da Serpente, em 1987, Renato Gonda tratou do tema OroborO. Sua tese de Doutorado, em 1998, foi sobre a criação do livro OroborO - com poemas e obras plásticas de dezenas de autores e artistas - ainda inédito.

Oroboro é um símbolo circular retratado por uma serpente que morde a própria cauda. A palavra se refere àquele que devora a própria cauda e sua representação simboliza a eternidade, dessa forma, na obra de Correra&Gonda, a circularidade e a infinitude retrata vida, re-vida e morte.

Gerson Correra e Renato Gonda são artistas plásticos e designers paulistanos que produzem e assinam grande parte de suas obras, coletivamente, desde 1986. Residem no Embu das Artes desde 1991 e muitos de seus trabalhos contém poesia, pois Gonda também é poeta. Suas obras principais são esculturas luminares, em pedra e luz. Eles também produzem mobiliário, tapeçaria e pintura. Para esta exposição, criaram uma mescla de peças em vários suportes - pinturas, esculturas luminares, tapeçaria e bronzes, sempre com palavras ou poesias incluídas em suas obras.

Nome: Exposição Oroboro

Local: Casa das Rosas

Endereço: Avenida Paulista, 37 - Bela Vista - São Paulo - SP

Data: de 19/03 até 27/04

Período: De ter a sab, das 10h às 22h, e aos dom, das 10h às 18h

Tel.: 11.3285.6986 ou 11.3288.9447

Entrada Gratuita


Posted in: DicasArteCultura